Friday, January 09, 2009
De desnecesárea a VBAC

    Há alguns dias atrás eu abri um tópico numa comunidade do Orkut chamada Gravidez, Parto e Maternidade (sou apaixonada por essa comunidade) perguntando sobre analgesia de parto. Uma das meninas lá, a Anne, ficou surpresa com a minha "mudança", já que eu passei por uma cesárea eletiva e defendia essa cirurgia até pouco tempo atrás, e estava lá falando de um futuro parto normal pra mim. Ela sugeriu que eu desse meu depoimento contando o porquê da mudança, e assim eu fiz. Meu relato foi postado lá e eu confesso que foi um grande alívio escrevê-lo, colocar tudo pra fora e também ver as meninas lá me apoiando. Espero que esse texto sirva para alertar e incentivar outras mulheres que estão pensando em uma cesárea, por qualquer motivo. Acho que nada melhor do que ele pra abrir o blog...

Em tempo: É bom se familiarizar com alguns termos: VBAC (sigla em inglês para Vaginal Birth After Cesarean, em português Parto Vaginal Após Cesárea), PN (parto normal, PC (parto cesáreo), GO (ginecologista obstetra), doula (mulheres que dão suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto).

DEPOIMENTO: DE DESNECESÁREA A VBAC


    Logo no começo da gravidez, eu queria parto normal na água. Sabia dos benefícios do PN pra mãe e pro bebê e sempre fui encantada, bem antes de engravidar, pelo parto na água, que me parecia mto relaxante. Mas eu nunca me aprofundei no assunto. Durante minhas consultas do pré-natal sempre perguntava ao GO sobre o parto e ele dizia que conversaríamos sobre isso mais pra frente. O tempo foi passando e descobri que o único hospital na região que oferecia a opção de parto na água não era coberto pelo meu plano. Desanimei um pouquinho. E meu GO sempre incentivando a cesárea, com mil motivos, explicava em detalhes as várias razões de ser melhor (pra quem?), etc. Os 9 meses foram passando, eu fui lendo relatos de parto bons e terríveis em comunidades do Orkut e eu não saberia agora indicar ao certo o quê ou em que período eu passei de "pró-PN a "pró-cesárea". Lendo tópicos e posts antigos meus nas comunidades, eu juro que não me reconheço! Lá estou eu falando com a maior naturalidade que optei por PC, que a minha estava marcada pro dia tal, e mil outros absurdos. Eu achava que estava fazendo o certo e o melhor pra mim e pro meu bebê. Hoje tenho até vergonha de ler as coisas que escrevi...

    Pois bem, o tempo passou, meu filho (um lindo menino chamado Ryan) nasceu de uma cesárea eletiva e desnecessária. Nasceu bem, saudável, apgar 8/10, e minha recuperação foi super tranquila. Lembro da Anne me perguntando pq eu havia feito cesárea e eu dizendo que havia sido eletiva, que "admirava as mulheres que escolhem PN mas que não era pra mim" (como assim não era pra mim? Parto normal é para todas!). Sinceramente não sei o que deu em mim, olhando pra trás até parece que aquele médico me fez uma lavagem cerebral, tamanha naturalidade com que eu, que queria muito um parto na água, falava e até defendia cesáreas eletivas.
   
    Meses depois eu assinei a TV a cabo e descobri o canal Discovery Home & Health. Eu, que desde o nascimento do Ryan comecei a me interessar por bebês e partos, fiquei vidrada e totalmente fascinada com os programas que mostravam PNs o dia todinho, e eu via incansavelmente. Descobri que o parto normal não é o bicho de 7 cabeças que as pessoas falam vendo diariamente videos de mulheres parindo com e sem analgesia. Algumas se contorciam e gritavam, mas eram poucas. A maioria fazia força algumas vezes e o bebê saía. Eu chorava a cada programa, a cada força, e dia após dia fui me encantando com o parto normal. Nessa mesma época comecei a ler e pesquisar muito, mas muito MESMO sobre PN, VBAC, parto domiciliar, PN gemelar, múltiplo, doulas, parto humanizado e tudo, tudooo sobre tudo isso. Acabei inclusive achando um rumo pra minha vida, descobri algo que eu gosto e que quero ser: Enfermeira Obstétrica e Neonatal. Começo o curso dia 20/01 e pretendo ser doula também.
   
    Agora eu olho pra trás e penso na minha desnecesárea com um certo rancor e muita, muita culpa. Eu não devia ter deixado acontecer, não devia ter me deixado levar e convencer por aquele médico cesarista. Não se passa um só dia sem que eu pense nisso e lamente terrivelmente por não ter batalhado pelo meu PN, mesmo que não fosse na água. Sinto minha cesárea como uma bola seca entalada na garganta, que não desce por mais que eu beba litros de água. Ainda não digeri. Me sinto uma fraca, uma imbecil, e não me sinto mulher o bastante pq não tive um parto normal.

    Hoje meu filho está com 9 meses e, ainda que isso só vá acontecer daqui há uns 3 anos, já me preparo de corpo e alma pra um VBAC. Quem diria... eu, que queria um parto na água, que cheguei ao extremo de achar cesáreas eletivas normais e de dizer que morria de medo da dor do PN (eu nunca tive medo até conhecer meu GO), agora espero pelo meu sonhado VBAC. É ele que vai lavar a minha alma.
   
    Meninas, o que eu vou dizer agora é muito importante: eu sei que muitas de vocês apóiam a cesárea, seja por medo do parto normal, da dor, por comodidade, por achar que é um lindo avanço da Medicina ou qualquer outro motivo. Pra vocês eu digo, SE INFORMEM. Mas não leiam só esses textos bonitinhos e floreados nos sites de gravidez, busquem a fonte, sites médicos, sites a favor do PN, (recomendo os ótimos Amiga do Parto e Parto do Princípio, conversem muito com quem teve PN, leiam relatos de parto, assistam videos e vejam como é lindo e mágico, conversem com doulas, com médicos humanizados, leiam tudo que vcs acharam, leiam mto. O Orkut mesmo é uma ótima ferramenta a favor do PN! Porque eu posso garantir que a dor de um sonho de PN não realizado, a dor de se sentir fraca perante outras mulheres, de ter trocado o PN por PC, o nó na garganta de uma cesárea entalada, tudo isso dói muito mais e por muito mais tempo do que a dor de um parto normal... e em muitos casos (se você só tiver um filho, por exemplo), pode durar pra sempre!



Posted at 04:20 pm by PinkySammet
Comente!  





Meu nome é Annik e tenho 24 anos. Sou defensora ferrenha do parto normal humanizado desde que passei por uma cesárea desnecessária eletiva em 31/03/08, nascimento do meu filho Ryan, hoje com 9 meses. Felizmente acordei e percebi o erro que cometi. Hoje, com a desnecesárea ainda entalada na garganta, me preparo pra um VBAC. O objetivo desse blog é incentivar e apoiar o parto normal a as mulheres que optam por ele, além de acompanhar também o crescimento e outras coisinhas legais sobre meu filhote e outros bebês, e vez ou outra postarei artigos e novidades sobre Enfermagem Neonatal e Obstétrica, Pediatria e afins. E mais: vamos acompanhar o longo caminho até meu VBAC! Em 20 de janeiro começo meu curso Técnico em Enfermagem, que será o início da minha jornada rumo ao meu sonho de ser Enfermeira Neonatal/Obstétrica e doula. Minhas duas outras paixões são orcas (estudo orcas há 16 anos) e patinação artística (patino no gelo há 19 anos).




If you want to be updated on this weblog Enter your email here:



rss feed